domingo, 18 de setembro de 2011

Ao fim de mais uma batalha...



Quando percebi, ja estava submerso
Estava afogado, em meio aquele universo
Um lugar escuro e sombrio
Onde a esperança, se apagou, apenas restou
um queimado pavio


Uma luz no fim do túnel, eu avistei
Não sentia mais nada, as forças revigorei
Em minha mente, apenas planejava
Qual rumo seguir, a decisão a ser tomada


Minha visão, não era mais desacreditada
Meus olhos não eram mais cheios de lágrimas
Minha guerra, começou, agora está travada
Não posso desistir, ou minha vida será tomada


Ao fim de mais uma batalha, as energias esgotadas
Parece que tudo está para desabar, desmoronar
Mas a confiança vem me lembrar
Qual é meu objetivo...
Jamais desistir,
de resgatar aquele soldado perdido,
seu companheiro de batalha, seu amigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget