domingo, 6 de novembro de 2011

Solidão temporária.





Você me conhecia, sabia onde eu estava,
muitas vezes me visitava e nem se apresentava
Vocè sempre andava sozinha, mesmo sempre acompanhada
Me deixava sozinho, sempre que ao meu ouvido falava...
Mas a tempo descobri, algo que nunca imaginava
Você não é eterna, vá embora, solidão dissimulada!

Um comentário:

Ocorreu um erro neste gadget