quinta-feira, 17 de julho de 2014

Dia inútil.




Hoje estou de luto
Luto por este dia
Que foi totalmente perdido
Não fiz nada que deveria

Deveria ter saído daqui
Deveria ter te visitado
Deveria ter aproveitado
Este dia ensolarado

Deveria ter feito tantas coisas
Que acabei não fazendo nada
Passei todas as horas de hoje
Com a cabeça desorientada

Agora o dia termina
Não lembro de mais nada
Tudo que passou hoje aqui
Da minha alma foi apagada

Poesias...



Um dia já achei que sabia algo sobre poesia, achava que era apenas escrever algumas rimas e isso se tornaria arte, mas hoje, vejo que poesia não é só isso, é expressão de sentimentos, é harmonia ou desordem, depende do escritor e do momento, depende de tudo ao redor.
Não sou poeta, não sou escritor, não sou nada além de um homem, com sentimentos, com desejos e sonhos, com problemas, com histórias... Sou apenas eu. E o que eu quero, é apenas escrever, qualquer coisa que possa expressar algo que não consigo falar ou que não consigo explicar de outra forma que não seja escrevendo.
Ocorreu um erro neste gadget